Arquivo da categoria: Noticias

Confira nossos valores para o Carnaval 2018

Período do carnaval (9 a 18 de fevereiro – 2018) 

– Diária por pessoa para quartos coletivos (6 e 8 pessoas com beliches): R$100,00 (com suíte) / R$ 80,00 (sem suíte)

– Diária por pessoa para quartos duplos/triplos: R$120,00 (com suíte).

– Diária para quartos individuais: R$160,00 (com suíte).
A diária inclui: estrutura da casa e café da manhã.
O Centro de Formação Recanto do Pescador dispõe de:
• Ambiente tranquilo e próximo ao mar.
• Sala de TV e vídeo.
• Acesso wi-fi.
• Hospedagem para 45 pessoas: quartos coletivos de 8 e 6 lugares, com acesso à banheiros coletivos ou com suíte / Quartos duplos e triplos com suítes em cada quarto.

Faça sua reserva através do e-mail: reservasrecanto@gmail.com

O Recanto facilita serviços de transporte (van) para os visitantes, que incluem roteiros pelo circuito do carnaval (Olinda e Recife antigo) e praias da região metropolitana. O valor fica à parte do custo com a hospedagem e deve ser consultado. Para que esse serviço seja disponibilizado, é necessário um número mínimo de 10 pagantes.

Anúncios

Conheça alguns blocos do carnaval de Olinda

carnaval olinda 2016Nós do Recanto do Pescador preparamos uma lista com alguns dos Blocos mais conhecidos do Carnaval de Olinda e outros não tão conhecidos, mas que encantam. Além desses, existem cerca de 500 blocos circulando pelas ladeiras no período do carnaval. Com certeza você irá se esbarrar com vários e será fantástico.

Esperamos que aproveitem!

Bloco do Mangue Beat

Sab 06 Fev – 8h (concentração), Olinda – Pátio do Mosteiro de São Bento

Conxitas Grupo Artístico Percussivo 

Sab 06 Fev – 10h (concentração), Olinda – FOCCA

 Um axé é pouco 

 Sab 06 Fev – 14h, Olinda – Rua do Bonfim (ao lado da FOCCA)

 Bumba meu Bowie 

Sab 06 Fev – 11h, Olinda – Rua 13 de Maio (MAC)

Tá Bom, A Gente Freva

Sab 06 Fev – 15h, Olinda – Pátio do Mosteiro de São Bento

Eu acho é Pouco

Sab 06 Fev – 16h (concentração), Olinda – Pátio do Mosteiro de São Bento

Homem Da Meia Noite 

Sab 06 Fev – 23:59h, Olinda – Rua do Bonsucesso

Bloco da Pitombeira dos 4 cantos

Dom 07 Fev – 11h (concentração), Olinda – Praça 12 de Março

Enquanto Isso na Sala da Justiça

Dom 07 Fev – 11h (concentração), Olinda – Alto da Sé

Patusco

Dom 07 Fev – 10h (concentração), Olinda – Rua do Amparo.

D’Breck

Dom 07 Fev – 9h (concentração), Olinda- Largo do Bonfim.

Apoteose Dos Bonecos Gigantes

Seg 08 Fev – 09h, Olinda – Alto da Sé.

Mulher na Vara

Seg 08 Fev – 10h30 (concentração), Olinda – Rua da Boa Hora.

Kd O Batman?

 Seg 08 Fev – 13h, Olinda – Quatro Cantos.

Bloco A Corda

 Ter 09 Fev – 07h, Olinda – Ladeira da Misericórdia

Encontro Dos Bonecos Gigantes

 Ter 09 Fev – 08h, Olinda – Largo do Guadalupe.

Patusco

Ter 09 Fev – 10h (concentração), Olinda – Rua do Amparo.

Eu acho é Pouco

Ter 09 Fev – 16h (concentração), Olinda – Praça dos Milagres

Bacalhau do Batata

Qua 10 Fev – 07h (concentração), Olinda – Alto da Sé

 

Confira nossos valores para o Carnaval 2016

Período do carnaval (04 a 14 de fevereiro – 2016) 

– Diária por pessoa para quartos coletivos: R$90,00 (com suíte)

– Diária por pessoa para quartos duplos/triplos: R$110,00 (com suíte).

– Diária para quartos individuais: R$130,00 (com suíte).

Ambos os casos incluem: estrutura da casa e café da manhã.*

Faça sua reserva através do e-mail: reservasrecanto@gmail.com

O Recanto facilita serviços de transporte (van) para os visitantes, que incluem roteiros pelo circuito do carnaval (Olinda e Recife antigo) e praias da região metropolitana. O valor fica à parte do custo com a hospedagem e deve ser consultado. Para que esse serviço seja disponibilizado, é necessário um número mínimo de 10 pagantes.

Recanto do Pescador: tenha a folia do carnaval e a tranquilidade das praias de Olinda

Vem chegando fevereiro e a procura por hospedagens em Olinda aumenta. São milhares de pessoas em busca de um dos carnaval olinda 2016maiores e melhores carnavais do mundo. Há aquelas que além da animação das ladeiras, querem também descansar para aproveitar bem o período mágico de Momo. No Recanto do Pescador, a foliã e o folião podem encontrar a tranquilidade de estar próximo às praias de Olinda e a praticidade dos diversos transportes que em pouco tempo chegam ao Sítio Histórico da cidade. Tudo isso com aconchego e preços acessíveis.

Localizado no bairro de Rio Doce, o Recanto do Pescador oferece quartos privativos e coletivos para quem procura hospedagens durante o carnaval. Os valores das diárias variam de R$90,00 a R$130,00 por pessoa e incluem café da manhã regional, acesso wi-fi, sala de tv e vídeo, estacionamento e segurança 24 horas. Por não se limitar a fechar hospedagens apenas por pacotes para o período momesco, como fazem a maioria dos estabelecimentos, o Recanto flexibiliza para que os hóspedes possam escolher os dias que ficarão na casa sem sair no prejuízo.

olinda praia bom diaAndando apenas cinco minutos, o visitante chega à praia de Rio Doce, e sua orla é um convite para quem quer passear e apreciar a bela vista do mar e seus barcos de pescadores. Há ainda a possibilidade de visitar as praias de Paulista e Marinha Farinha, localizadas a cerca de 9 quilômetros da casa. E se por um lado existe todo o aconchego do mar, para quem quer aproveitar toda diversidade cultural do carnaval de Olinda, são várias as opções de transportes coletivos que chegam aos focos de folia com a vantagem de todos passarem em frente ao Recanto. São apenas 15 minutos no transporte para encontrar a magia das fantasias, dos confetes, do frevo e de todos os ritmos que fazem desse um dos carnavais mais desejados do mundo.

Para mais informações, faça uma visita virtual às acomodações do Recanto do Pescador: recantodopescador.wordpress.com, curta a fanpage do espaço facebook.com/pescadorecanto ou entre em contato através do número: (81) 34311417. Sua reserva pode ser feita através do e-mail: reservasrecanto@gmail.com

Clique aqui para conferir detalhes das tarifas.

Renda do Recanto do Pescador é destinada à luta das comunidades tradicionais pesqueiras

O Recanto do Pescador é um espaço pertencente ao Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), entidade sem fins lucrativos que trabalha na luta pela garantia dos direitos das comunidades tradicionais pesqueiras do Brasil, grupos tradicionais responsáveis por cerca de 70% do pescado que chega à mesa dos brasileiros. A renda proporcionada pela casa é destinada à ação social da Pastoral.

Para conhecer o trabalho do CPP, acesse: www.cppnac.org.br 

Recanto do Pescador oferece promoção para o carnaval 2015 em Olinda

Durante o período carnavalesco, Olinda recebe as mais variadas manifestações culturais. São agremiações, blocos, festas e shows a invadirem a cidade. A folia toma conta das ladeiras que transbordam cores, cultura e magia. Os foliões e as foliãs se fantasiam para percorrer a cidade histórica nos ritmos do frevo, do maracatu, do samba e de tantos outros ritmos que fazem a riqueza do carnaval pernambucano.divulgação promo recanto

Os visitantes que desejam aproveitar um dos melhores carnavais do mundo podem se hospedar no Recanto do Pescador, localizado no Bairro de Rio Doce, em Olinda. A casa, além de contar com um ambiente aconchegante, tranquilo e próximo à praia, está oferecendo uma promoção nas hospedagens em quartos coletivos que irá durar entre os dias 12 a 20 de fevereiro.

Grupos entre seis e sete pessoas poderão ter descontos de 20% em cima do valor total a ser pago. Já para grupos com mais de oito integrantes, o desconto passa a ser de 30%. O valor já inclui o típico café da manhã reforçado com pratos regionais para os hóspedes aguentarem bem o pique da folia.

Acesse o site do Recanto do Pescador para mais informações: https://recantodopescador.wordpress.com/ ou entre em contato através do e-mail: reservasrecanto@gmail.com

Recanto do Pescador abre para hospedagens o ano todo

O Recanto do Pescadora está de portas abertas para receber turistas e visitantes durante qualquer período do ano. As taxas são diferenciadas durante o carnaval e para a realização de eventos. Consulte nossas tarifas e tire suas dúvidas através do e-mail: reservasrecanto@gmail.com

marca recanto do pescador

Hospedagens para o carnaval de Olinda 2015 é no Recanto do Pescador

Por Assessoria de comunicação do CPP Nacional 

O Recanto do Pescador, em Olinda, abre suas portas para hospedar turistas durante o Carnaval da cidade. Com Panfleto Recanto Carnaval 2015acomodações aconchegantes, seguras e alimentação caseira, o  espaço é uma alternativa de baixo custo para quem quiser passar o período momesco em um dos melhores e maiores carnavais do mundo. Toda renda será revertida para o trabalho do Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), instituição de cunho social que atua na defesa dos direitos de comunidades tradicionais pesqueiras de todo Brasil.

Estão disponibilizados 45 leitos, com quartos para  grupos de até oito pessoas ou acomodações para dois ou três visitantes. O espaço oferece ainda sala de vídeo, refeitório, estacionamento, segurança 24 horas e acesso a rede wi-fi. Além disso, possui transporte público passando na porta o que facilita a locomoção dos visitantes. O Recanto do Pescador está localizado a seis quilômetros do Centro Histórico de Olinda e a 10 quilômetros do Recife, onde também acontece o carnaval multicultural do estado, conhecido mundialmente.

A hospedagem inclui café da manhã e a diária por pessoa custa R$ 160 para quartos triplos ou duplos, e R$140 por pessoa para acomodações coletivas. O espaço começará a receber os hóspedes a partir do dia 12 de fevereiro, encerrando as atividades em 22 de fevereiro. Os foliões e as foliãs poderão aproveitar ainda as praias do município. Para mais informações, faça uma visita virtual às acomodações do Recanto do Pescador: recantodopescador.wordpress.com , curta a fan page do espaço facebook.com/pescadorecanto ou entre em contato através do número: (81) 34311417.

Serviço:
Para reservas: reservasrecanto@gmail.com
Telefone: (81) 34311417
Endereço: Av. Governador Carlos de Lima Cavalcanti, 4688. Rio Doce. Olinda -PE – Brasil.

Pescadoras participam de formação sobre saúde da mulher e do trabalhador (a)

Por assessoria de comunicação do CPP Nacional 
terceiro dia 2
A pescadora Josana Pinto veio da cidade de Óbidos, no Pará, para se juntar a outras 45 mulheres de comunidades pesqueiras de 12 estados do Brasil no Encontro da Articulação Nacional de Pescadoras (ANP), que acontece desde segunda, 09, no Centro de Formação Recanto do Pescador, em Olinda/PE. Com apoio do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), o momento busca formar agentes multiplicadoras em participação na gestão do SUS e na saúde do trabalhador e da trabalhadora. “Acredito que todas nós vamos sair empoderadas para contribuir melhor para a saúde das trabalhadoras da pesca , em nossos estados, ” comenta Josana, que ficará até o último dia do Encontro, na sexta-feira, 13.

A formação aborda diversas instâncias sobre o SUS e a saúde ocupacional, especialmente no que tange as políticas públicas específicas para as mulheres e para o trabalho das pescadoras e das marisqueiras. Para contribuir com o processo, a ANP conta com a participação de profissionais da área, como a assistente social sanitarista e responsável pela política de saúde da população negra do Recife, Sony Maria. A assistente social vem abordando a questão da prevenção, atenção e direitos dentro da lógica e dos princípios do SUS, colocando em evidência, inclusive, as questões do preconceito racial. “As mulheres negras passam por situações mais dolorosas, o tratamento dado a elas é bastante precário, e isso vai contra os princípios do SUS, é preciso denunciar isso”, Sony.

Os próximos dias de formação trarão para os debates e conhecimento a saúde do trabalhador e da trabalhadora dentro do contexto dos povos do campo, das florestas e das águas. O grupo ainda aprofundará a temática no que tange o trabalho da pesca artesanal e da mariscagem, abordando os riscos para doenças e acidentes nessas atividades. Relacionado a esse debate, as pescadoras tomarão conhecimento sobre os direitos previdenciários referentes às doenças de trabalho e os processos de prevenção, tratamento e reabilitação dessas enfermidades.

Emponderar as pecadoras nesse processo significa fortalecer a luta por vida digna nas comunidades pesqueiras. As mulheres do encontro poderão levar para suas realidades informações sobre como lidar com as questões de saúde e garantir seus direitos nesse âmbito. Vinda de Salinas da Margarida, na Bahia, a pescadora Elionice Sacramento enxerga o momento com força e otimismo. “Essa formação é muito importante para nós, mulheres pescadoras. Está sendo um momento de trabalho muito rico, produtivo e emocionante”, comenta.

Articulação Nacional de Pescadoras no Brasil (ANP)

A ANP surgiu em 2006, na demanda que existia das mulheres da pesca artesanal se afirmarem como agentes protagonistas na busca por seus direitos. A articulação reúne 14 estados de todo Brasil e tem como principais pautas a saúde da mulher na atividade pesqueira, o combate à violência de gênero, a defesa do território pesqueiro e o fortalecimento da identidade das pescadoras artesanais.

Rede MangueMar Brasil realiza encontro nacional no Recanto do Pescador

Por assessoria de comunicação do CPP Nacional

Encontro aborda os impactos dos grandes projetos no Brasil e as formas de resistências das comunidades tradicionais das zonas costeiras e marinhas perante essas ameaças.

ENCONTRO MANGUEMAR

Diante das problemáticas ligadas aos grandes projetos que ameaçam a existência das comunidades tradicionais das zonas costeiras e marinhas do país, a Rede MangueMar Brasil realiza seu V Encontro Nacional para debater a conservação desses espaços e elaborar estratégias de resistência frente às ameaças. O encontro, que teve início na manhã de hoje (30/05), acontece até o próximo domingo (01/06) e reúne integrantes do Movimento dos Pescadores e Pescadoras Artesanais, pesquisadores e organizações não governamentais que atuam com a temática no Centro de Formação Recanto do Pescadora, em Olinda.

Partindo da análise da conjuntura dos planos e modelos de desenvolvimento adotado pelo Estado brasileiro, debate-se a lógica na qual a exploração dos recursos naturais, para fins de exportação e consumo interno, se sobrepõe e nega a existência das comunidades tradicionais, passando por cima da própria constituição. A exploração mineral, energética, de petróleo, das florestas e de diversos outros recursos, além de ocasionar um processo de degradação ambiental, demanda a construção de grandes empreendimentos que estão diretamente ligados às distintas denúncias de violação de direitos acusados pelas comunidades, como a expulsão de seus territórios e a extinção de seu modo de vida.

“Se continuarem nesse ritmo, vão acabar tudo. Existem comunidades que estão totalmente prejudicadas, com os manguezais destruídos. Estão exterminando nossa atividade tradicional”, alerta a pescadora artesanal da Bahia, Marizelha Lopes. A pescadora também se preocupa com o processo de privatização dos corpos d’água nacionais, uma das principais políticas de ameaça à atividade das comunidades pesqueiras no Brasil.

Para enfrentar esse modelo de mercantilização dos recursos naturais e seus impactos, o coletivo discute quais ações e políticas podem corroborar para a resistência e empoderamento das comunidades tradicionais. Na pauta das estratégias já se encontra a Campanha Nacional pela Regularização do Território das Comunidades Tradicionais Pesqueiras, vista como um dos importantes meios para a proteção dos direitos de pescadores e pescadoras artesanais. “Nós é que protegemos o meio ambiente, não podem negar nossa existência, não podem negar nossos direitos”, complementa Marizelha.

Rede MangueMar

A Rede MangueMar Brasil é uma articulação que envolve movimentos de pescadores/as, ONGs, pastorais sociais e pesquisadores/as que lutam pela sustentabilidade socioambiental da Zona Costeira Brasileira. O processo de constituição da rede teve início em 2001, quando diferentes sujeitos começaram a trabalhar em rede para responder à necessidade de lutar por políticas públicas voltadas especificamente para a Zona Costeira, se configurando como uma articulação nacional empenhada na construção de alternativas sustentáveis que combatam a vulnerabilidade das populações tradicionais.

Faça o evento da sua organização no Recanto do Pescador

Organizações encontram no Recanto do Pescador um excelente espaço para realização de seminários, palestras, cursos e outros eventos. A casa possui auditório climatizado, sala para reuniões, inclui as três refeições e disponibiliza quartos para eventos que durem mais de um dia. Toda a renda da casa é destinada ao trabalho social do Conselho Pastoral dos Pescadores (CPP), que atua na defesa dos direitos das comunidades tradicionais pesqueiras.

Consulte nossas tarifas, clique aqui.

panfleto evento grande